terça-feira, 23 de outubro de 2007

. das maneiras de voltar pra casa .

quinta-feira passada, 18 de outubro. tarde da noite recebemos com inenarrável prazer a notícia de que poderíamos voltar pro brasil e gozar merecidas férias (nem que seja por pouco tempo). great. era tanta felicidade que dei uma surtada. de verdade, fiquei elétrica. liguei pra família, pros amigos, mandei emails, fui organizando mentalmente tudo o que tinha pra fazer quando em casa chegasse - medico, dentista, renovar carteira de motorista, cartão de crédito etc, comecei a escanear uma montanha de documentos pra evitar que que a alfândega acuse a gente de contrabandear papel e lá pelas tantas, quando a adrenalina começou a baixar, decidi ir dormir. já deitada, comecei o ritual noturno (afofa travesseiro, puxa coberta, liga tv). foi quando vi algumas das cenas mais chocantes da minha vida: um carro explodindo, um brilho intenso e a multidão ao redor sofrendo aquela onda de choque causada pelo súbito deslocamento de ar. pessoas ensanguentadas caídas no chão, carregadas em macas ou nos bracos, gritaria, terror. é que benazir buttho estava acabando de chegar em casa - karachi, paquistão - depois de oito anos de auto-exílio. a ex-primeira-ministra deixou o aeroporto em uma grande passeata num carro especialmente protegido e a tragédia aconteceu. ela não sofreu um arranhão, mas 139 pessoas "voltaram pra casa" e centenas e centenas de outras ficaram feridas. não tenho nem palavras pra comentar sobre isso, a tristeza não deixa.

update: a nossa volta pro brasil perdeu um pouco do brilho. provavelmente voltarei só, já que A. terá que ir a china primeiro.

1 comments:

Simone Takayama disse...

Anita! Pensamento positivo! Sempre!
Beijos!
Si

| Top ↑ |