sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

. Noticias daqui .

Email enviado pra familia e amigos na terca-feira:

"Os protestos que comecaram no sabado nao param de aumentar. Amanha ateh o setor de transportes vai entrar em greve. Os aeroportos vao fechar, todos os voos chegando e saindo de Atenas foram cancelados. Aqui na roca tudo bem. Ontem alguns estudantes jogaram ovos e iogurte no carro da policia. A essa altura todo mundo resolveu pegar carona na revolta e no quebra-quebra: os anarquistas, os socialistas, a populacao em geral que eh extremamente insatisfeita com o governo. Por falar em governo, este anda cheio de melindres e ainda nao se decidiu a mandar a policia acabar com a farra. Explico: grego eh um bicho com memoria de elefante. Grego nao esquece NUNCA. Nao esquece e nao perdoa. Modos que houve uma ditadura militar la pelos idos da decada de 70 e, claro, a policia daquela epoca era a mao armada do governo. Teme-se que se a policia comecar a agir duramente serah confundida com ditadura e la vamos nos. Fato curioso: a policia e as forcas armadas sao proibidas de entrar nas escolas e universidades. Botaram essa lei na constituicao logo depois da queda da ditadura.

No mais, o projeto sofreu um baque feLomenal na ultima quarta-feira: os dois ultimos navios - de uma serie de 8, que entregam o produto final ao cliente - vao atrasar um mes. Isso quando, claro, o cronograma eh apertadissicissimo. Eu venho dizendo ha 3 meses "voces estao atrasados" e a resposta era invariavelmente alguma coisa na linha do "nao se preocupe, vai dar tudo certo, nos vamos fazer tudo que precisar". "We will do whatever it takes" (Grecia) eh o novo "We are trying our best" (India). Estamos vivendo em puro inferno desde entao. Ontem acordei as 3 da manha porque sonhei que faltou materia-prima e eles teriam que encomendar mais na Malasia (?!?). Claro que levantei e vim pro computador checar quantas toneladas faltavam/estavam a caminho. Essa parte ta ouquei.

Hoje tranquilizou um pouco depois de vaaaarias reunioes com a fabrica, vaaaaaarias discussoes sobre quantidades, medias, cronogramas e promessas absurdas; e algumas reunioes por telefone com o cliente. Fora isso tudo: ja fiz jantar, ja enviei os relatorios, ja jantei e agora vou DORMIR Porque amanha tem muita roupa pra lavar.

Beijos cansados e estressados,
Ana."

2 comments:

Simone Takayama disse...

Puxa, Anita, vejo que vocês não saíram ilesos da baderna, né? Afinal de contas, stress também aflige (e como!)! Bem, só posso desejar que tudo corra bem e que se ajeite o mais rápido possível ...
Beijos,
Si

Claudia disse...

eitcha.... muda o pais, mas a leseira do proletariado continua a mesma hein! :)
Boa sorte por aí...

| Top ↑ |